Dando um tempo

Gente, vou dar um tempo desse blog. Já há meses acho que ele perdeu a minha cara, ou eu mudei, sei lá; simplesmente não tenho me identificado com ele.

Pode ser que ainda surja alguma postagem por aqui, de humor ou imagens fantásticas.

Qdo vencer o domínio, não sei se vou renovar, então quem quiser acessar vai ter que usar o endereço do blogger, anotem aí: http://lucia-inthesky.blogspot.com

Continuo Lucia in the sky, mas agora em outra plataforma, ainda meio sem forma, mas devagar vou ajeitando: http://lucinha.tumblr.com/

Também vou continuar com minhas participações no Bem Casadas e no Cristão da Universal.

Mantenha-se informado me seguindo no twitter .


Bjins :-*

01 dezembro 2008

Mulher de trinta anos


Dentro de 17 dias serei uma mulher balzaquiana.

Aliás, agora sou fã de Honoré de Balzac, para quem "uma mulher de trinta anos tem atrativos irresistíveis".

Aos 20 anos a gente não tem noção do que ainda está por vir. Os 30 parecem estar muito longe, sentimos que teremos tempo de realizar tudo que desejarmos até lá, mas também há um certo medo de não conseguirmos – devido à pressão da sociedade. Se você não chega aos trinta com um bom emprego e casada, sente-se como que devendo. Os tempos mudaram, a mulher já tem um papel bem diferente na sociedade – mas nem tudo mudou, e ainda se espera que a mulher cumpra seu papel de esposa e mãe. Se um homem tem “30 e alguns” e ainda está solteiro ‘é porque quer’ ou porque ‘o homem amadurece tarde’ (bota tarde nisso, hein? kkkk), e se o mesmo ocorre com a mulher ela ‘está encalhada’.

É claro que vejo isso de outra forma. Sou fã de quem não segue padrões. Amo as mulheres executivas, que assustam os homens. Admiro aquelas que não querem trazer filhos para a correria de suas vidas, que preferem não tê-los se for para deixá-los aos cuidados de estranhos. Surpreende-me aquela que prefere esperar mais para casar.

Afinal, fomos criadas entre carrinhos de bonecas, panelinhas e joguinhos de chá. Desde as fraldas conhecemos ‘o caminho’.

Na verdade, não existe caminho certo.

Quem pode dizer que só é feliz a mulher realizada profissionalmente? Ou aquela que é casada? Ou então a dita cuja que é mãe?

Devemos lembrar aquela que queimou o sutiã. Liberdade. Escolha.

E mais uma coisa. Se não estamos contentes com aquilo que conquistamos, devemos buscar o que sentimos falta. Não deixe ‘a Deus dará’ - Seja marido, filhos, emprego, carro, casa, não importa – Você pode conquistar!

8 Comentários:

Chris disse...

REalmente Lucia, e isso mesmo, mulher sofre sempre, sempre e sobrecarregada, sempre precisa dar conta de tudo. e imagino que essa pressao da idade seja sufocante, e e somente a mulher que tem essas coisas, de ter que se desdobrar em varias e ainda fazer tudo perfeito. DE qlq forma nao encuca nao, ja basta a pressao da vida! Curta seus 30 que nem e tao mal assim!!
A gente faz um bolinho virtual e aproveita que fim de ano e so festa e todo mundo vai esquecer de fazer comentarios idiotas! hehehe

Beijos e beijos,
Chris

Chris disse...

Lucia, eu nao sei distribuir selinhos mas tem um la no meu blog que vc pode pegar se vc se identificar ta?

bjao

Chris disse...

Lucia tem mais selinho para vc la no eu Nozes...rsrs
http://chris.tehr0x.com/

bjao

Anônimo disse...

da nada... a idade interior eh q conta! bjuxxx
Su

Dani disse...

Aiaiaiaiai
Começou a propaganda!
kakakakakka
Tudo isso é medo que te esqueça? Nunca vou te esquecer florzinha!
Beijos!

Joanna disse...

Penso eu que idade não importa, apesar de nos colocar a pensar.
Acredito que cada um se realiza de uma forma. Jamais aceitei que me cobrassem atitudes pq fulano ou ciclano fizeram e são felizes. Durante muito tempo meu desejo para o futuro era ser uma bem sucedida mãe e Dona de Casa. Sim, eu gosto dessas coisas. E depois que voltei a trabalhar, vi que tb gosto dessa independência. Chegarei ao meu ideal quando conseguir trabalhar meio-período.
Mas esse é o MEU ideal. Sua felicidade pode estar em ter uma casa com piscina! Ou trabalhar numa multinacional, ou ser ativista do Green Peace.
Enjoy e desencana. Pense que trinta é pouco quando se tem 60!
Beijos e onde vai ser a festa?

Laiz disse...

Você disse tudo Lucinha,
aos 20 anos a gente é meio sem noção mesmo!
Eu era tão sem noção que entre os 20 e os 30 tive 3 filhos... kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Operei! Se não fizesse isso teria mais, eu amava fica grávida!
Quando fiz 5 anos de casada a prole ja estava completa!
Vai curtindo!
Beijos

Eneida disse...

Também acredito na conquista!
E você disse aqui umas boas verdades!
Beijo.

Postar um comentário

Olá!! Obrigada por comentar! Somente comentários educados e relevantes serão autorizados. Caso faça alguma pergunta, responderei abaixo.

♥ Siga também

♥ Pesquisar

♥ Atenção

Creative Commons License
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

♥ Receba por e-mail

RSS

Escreva seu email:

Delivered by FeedBurner

♥ Contando

  ©Lucia in the Sky - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo